Resenhando Mangás #2 – Tales of Demons and Gods!!

Olá pessoas, beleza? hoje temos mais uma resenha, e hoje vamos com Tales of Demons and Gods.

Eu estava dando uma olhada em algumas reviews, e nunca achei uma desse manhua em português, então vim aqui falar um pouco sobre ele.

Para essa obra eu tiro o chapéu, é um mangá incrível com uma ótima história, fazia tempo que eu não lia nada igual a ele, tudo bem trabalhado.

A obra conta a história de Nie Li, o mais poderoso Espiritualista Demoníaco e topo do mundo das artes marciais. Porém, quando sua cidade foi invadida, ele perdeu sua vida durante a batalha com o Imperador Sábio e as seis bestas de nível divino, e sua alma voltou ao passado para quando ele tinha 13 anos. Embora ele seja o mais fraco em sua classe, com o talento mais baixo no reino da alma Vermelho – o mais fraco dos reinos – com a ajuda de seu vasto conhecimento acumulado de sua vida passada, ele cresce mais rápido do que todos. Agora, ele irá tentar proteger a cidade que no futuro será invadida pelas bestas e que acabou sendo destruída, assim como sua amada, seus amigos e sua família que morreram pelo ataque das mesmas, e destruir a família Sagrada que abandonou seus deveres e traíram a cidade em sua vida passada, além de resolver as inimizades de sua vida passada. A história é escrita por Mad Snail, que também é o artista responsável pela mesma. No geral, esta é uma ótima história, que recomendo a todos.

“Desde que volto, então, nesta vida, eu me tornarei o Rei dos Deuses que domina tudo. Deixe todo o resto tremer sob meus pés! “

n003

Não fica somente nesse clichê, Tales of Demons and Gods tem um mundo muito rico.

Quando Nie Li voltou para o seus 13 anos, nessa idade ele ainda era conhecido como um  menino sem talentos e sem potencial algum, ao decorrer da trama vemos ele tentando ficar mais forte. O  que eu não gostei muito foi o do personagem principal ser um pouco poderoso demais para o meu gosto, o velho protagonismo.

Durante a leitura o tempo voou, quase perdi a hora de ir pro colégio, mas se não fosse esse problema eu continuaria lendo, se vocês que não conhecem a obra, arrumem um tempo, façam uma pipoca e vão ler ele.

Algo que me chamou atenção foi o fato de que ele tem muito sentimentos de amizade, sempre tentando ajudar os amigos, claro que isso provavelmente seja um clichê em todos os mangás e/ou animes, mas nele isso é legal de se ver e sentir ao ler o mangá.

Um mangá cheio de originalidade como também de criatividade em todo o enredo.

“-Nada é impossível desde que queiramos” essa parte é muito legal, mesmo a professora defendendo apenas os dotados, e zombando dos mais fracos, o Nie li não recua.

Os traços do autor são simples e bem trabalhados, e o mangá é todo colorido (Não é um mangá Japonês).

Anúncios
Publicado em 2017, Agosto, manhua, Resenhando Mangás, Tales of Demons and Gods

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Siga-nos no Twitter
Parceiros
agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
Matsueki

O Japão nunca decepciona

%d blogueiros gostam disto: